Wednesday, April 21, 2010

desabafo

coisas me fizeram mal. nada profundo, grande, nem grave. mas hoje não me escutei. virei galho de enxurrada. fui, fui, fui. pra onde?
me atordoei. raiva mesmo, de mim mesma. onde eu estava com os ouvidos que não me ouvi?
mereci esse desfecho. terminei a noite fugitiva do que eu mesma escolhi e face a um desabafo indesejável.
limites mentais.
ao menos, já escovei os dentes.

No comments:

 
Site Meter